terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Projetos, quadrinhos e resoluções de ano novo

Este ano resolvi publicar minhas resoluções de ano novo aqui no blog. Faço isso como uma forma de informar quem me acompanha nas redes sociais, já que elas incluem parar e/ou encerrar alguns projetos que venho desenvolvendo nos últimos meses e anos e que tem uma comunicação com o público através da internet. Isso se dará porque minha principal resolução para 2017 é sair dessa coisa que tem sido minha marca registrada, a multiplicidade, e focar uma única coisa, simplificando mais meu trabalho e também melhorando a percepção do público sobre as coisas que realizo. O meu projeto único no caso é a EB Comics, minha revista e futura editora de quadrinhos de super-heróis.

Tem um "easter egg" nessa foto
(e não são as perninhas brancas e nem a barriguinha rosada do Valdemar).

Tá certo que resoluções de ano novo são tipo as leis brasileiras, são feitas para serem descumpridas. Mesmo assim a gente não deixa de fazê-las com aquela certeza de que vai conseguir realizar! Então vamos tentar mais uma vez.

Veja bem, caro(a) leitor(a), eu disse “tentar”! :)

Eu nunca fui um homem de um projeto só. Como alguns amigos falam, sou um camaleão, que migra temporariamente de área e de projetos. O ser camaleônico nunca me incomodou, pois me permitiu vivenciar, aprender e fazer muitas coisas diferentes. O que sempre foi um pouco incômodo para mim, devo confessar, foi essa minha multiplicidade, esse hábito de fazer várias coisas ao mesmo tempo e a imagem confusa que isso passa para as pessoas. Sempre invejei aquelas pessoas que são conhecidas por fazerem uma coisa só, que são percebidas por estarem realizando um único projeto por vez, até mesmo um único grande projeto pela vida toda. Eu, do contrário, sempre estou realizando tanta coisa ao mesmo tempo, que fica até difícil dizer o que exatamente faço ou qual é a área profissional em que atuo. É por isso que neste ano que chega eu quero tentar fazer diferente, me focando em uma coisa só.

Torçam por mim! 

E vamos às resoluções:

1. Encerramento da Amo Gatos

Lancei a Amo Gatos em 2014 com o objetivo de contribuir com a causa animal através do repasse de parte do lucro obtido com a venda de produtos estampados com meus desenhos de gatos. A idéia foi — e é — muito boa, mas faltou algo no desenvolvimento do projeto que pudesse realmente alavancar a marca. Assim sendo, resolvi encerrar o projeto. A idéia de brindes estampados com criações minhas será aproveitada na EB Comics, onde irei lançar produtos com meus super-heróis e super-heroínas. A Gata Púrpura, heroína que lancei ano passado e que já começa a se tornar conhecida, é uma defensora dos animais, então haverá uma continuidade do diálogo da minha arte com a causa animal, que pretendo continuar ajudando de alguma forma, mesmo que a ajuda não esteja vinculada a um projeto específico.

Mas claro que nunca digo "dessa água não beberei de novo",
principalmente com canecas tão bonitas!
Os gatinhos coloridos eu vou continuar a desenhar de vez em quando, pois além da minha paixão por gatos eles fazem parte de um estilo de desenho particular meu, que criei e venho evoluindo com ele ao longo dos anos. Talvez pinte-os em quadros uma hora dessas.

2. Escritos sobre dinheiro, abundância e Lei da Atração ficam para um futuro livro

Uma pessoa me deu um conselho e esse conselho sugere exatamente a idéia original que eu tinha para esses escritos, que era escrever um livro. Como neste final de ano acabei tendo que dar uma parada nas minhas atividades para cuidar do meu pai que estava hospitalizado, resolvi antecipar o projeto em forma de pequenos textos no blog, até como uma forma de passar o tempo. Acho que não foi uma boa idéia, pois agora que voltei a desenhar quadrinhos está difícil arrumar tempo para continuar escrevendo e postando. Então vou voltar aos planos iniciais de um futuro livro, como pensei antes e fui recentemente aconselhado a fazer. Sem prazo, mas nos planos!

Qualquer hora, entre um quadrinho e outro, Tio Elinaudo publica um
livro ensinando como atrair dinheiro e cultivar a abundância.

3. Blog permanece por enquanto como está, fanpage e instagram mudam temática

Em princípio vou manter as postagens que já fiz, vou continuar aqui e ali parando para contar minhas histórias, mas é bem possível que eu venha a mudar totalmente a cara das minhas redes e tenha que tirar algumas coisas do ar para deixar uma imagem pública mais limpa e acabada. Mas isso é assunto para resoluções futuras. Por enquanto o blog permanece no ar como está. Aproveite e leia o que ainda não leu! Já na minha fanpage e no instagram vou parar totalmente com as postagens sobre o tema Dinheiro e gradualmente voltar essas redes para o meu novo foco, que são os quadrinhos.

4. Palestras podem ocorrer, se houver convites

Tenho um pequeno portfólio de palestras que fui montando nos últimos anos e aqui e ali anunciei e me coloquei como candidato a palestrante profissional, mas como nunca priorizei tanto isso, dei palestras exporadicamente. Continuo à disposição para palestrar se for convidado — até porque adoro falar em público e sempre é um prazer falar de minhas ideias, visões e experiências — mas não irei fazer anúncios desse serviço.

5. Produção de eventos, só os da EB Comics e os da minha cantora

Eventos é outra área que sempre gostei e tenho feito trabalhos nela de vez em quanto, até porque sempre realizei eventos e sempre tenho sido o produtor deles. Ano retrasado criei até uma marca, a EB Eventos, para atuar nesse mercado. Porém, vou continuar como já vinha, produzindo só eventos meus, no caso agora eventos da EB Comics. Fora esses só eventos da Régia da Costa, minha esposa cantora, que continuo ajudando a promover para que ela encontre seu lugar ao sol no mercado da música.

Régia da Costa, minha cantora linda e talentosa, aqui acompanhada do
meu amigo Jefferson Portela em um evento do Instituto Sinergia Social,
que ajudei a organizar em junho de 2016

6. Foco na EB Comics, minha nova antiga paixão

Passei a adolescência inteira criando super-heróis, tanto sozinho quando junto com o Erivando Costa, mas quando parti para tentar desenhar as primeiras histórias a coisa não fluiu. Na época concluí que eu não tinha jeito e nem paciência para ser um desenhista de quadrinhos e abandonei a ideia. Só no ano passado, mais de 20 anos depois resolvi tentar de novo a partir de ideias que fui tendo de novos personagens. E para minha própria surpresa, a coisa fluiu! Em um mês criei a personagem Gata Púrpura e desenhei e publiquei uma revista digital com sua primeira história, a EB Comics nº 1, lançada em novembro de 2015.

Capa e páginas da EB Comics nº 1, que lancei em novembro de 2015

Este ano de 2016 acabei me ocupando de várias atividades e posterguei a continuidade das HQs, mas o desejo de continuar com elas permaneceu comigo. Então, depois de um ano meio louco, resolvi voltar aos quadrinhos. Como ocorreu em 2015, a coisa fluiu ao primeiro traço e já estou com novas histórias em produção para lançar em janeiro de 2017.

A verdade é que não desenhar quadrinhos era uma frustração que eu guardei durante anos. E agora que descobri que posso desenhar, é o reencontro com uma paixão antiga, uma paixão que me move muito mais do que a maioria das tantas coisas que venho fazendo nos últimos anos. E foi por isso que escolhi essa área para me focar. Pretendo investir o máximo de tempo possível na produção dos quadrinhos e também na estruturação de uma editora de modo que a EB Comics, que hoje é uma revista de um único número publicado, venha a se tornar um selo editorial com títulos diversos dos meus super-heróis.

Esses são portanto os planos para o Ano Novo que eu trabalharei para realizar.

Que venha 2017!

Elinaudo Barbosa, desenhista e editor de quadrinhos. :)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: