domingo, 8 de fevereiro de 2015

É hora do movimento Volta Collor

Durante anos eu me questionei se Collor era ou não era culpado de tudo aquilo que o acusavam na época da campanha pelo impeachment, afinal eu era muito jovem e achava que derrubando um presidente contra o qual pesavam tão sérias acusações de corrupção, eu estaria mudando o mundo. Agora sei que uma injustiça foi cometida e precisa ser reparada.

Graças à imprensa e aos cidadãos de bem deste país pude saber com certeza que eu estava completamente errado quando fui às ruas em 1992. 20 anos depois finalmente me foi possível entender com clareza que o ex-presidente alagoano e seu tesoureiro PC Farias jamais poderiam ter cometido atos de corrupção, uma vez que tal prática sequer havia sido inventada. Seria preciso mais uma década ainda para que Lula finalmente fosse eleito e, juntamente com o PT, criasse essa prática a partir de 2003, algo que nunca antes na história deste país houvera existido.

Aliás, Collor continua com sua moral ilibada, pois sabemos também que além de ter inventado a corrupção no Brasil, o PT é o único partido a praticá-la. Collor, em sua atuação como senador por Alagoas, até chegou a apoiar o governo petista, mas jamais se filiou a esse partido, portanto não pode de modo algum ter praticado qualquer ato de corrupção.

Collor foi portanto terrivelmente injustiçado ao ser derrubado da presidência acusado de uma prática que em sua época sequer existia. É hora do Brasil reconhecer essa injustiça e repará-la o quanto antes, levando-o novamente a subir a rampa do Planalto, para que ele assim possa cumprir o restante do mandato que foi abreviado por aquele processo injusto. É hora do movimento Volta Collor!

Elinaudo Barbosa

2 comentários:

Comente com o Facebook: