sexta-feira, 24 de maio de 2013

Ele queria que Deus fosse socorrê-lo... pessoalmente


Certa vez houve uma grande enchente. A água do rio que passava pela cidade transbordou e começou a entrar nas casas. Os moradores tentaram salvar pertences, colocando sobre prateleiras e armários, mas o nível da água não parava de subir, e subiu tanto que um a um eles foram deixando suas casas e fugindo em botes e canoas.

Todos menos um homem. Ele dizia acreditar muito em Deus se recusou a abandonar sua casa, subiu no telhado e lá ficou, esperando a enchente acabar.

Enquanto ele esperava, passaram uns vizinhos numa canoa que lhe disseram:
— Depressa, venha conosco, senão você vai morrer afogado! 
E ele respondeu:
— Não! Vou ficar aqui pois sei que Deus me salvará!

O nível da água subiu mais um pouco e alcançou a altura do telhado em que estava o homem. Passou um barco a motor levando várias pessoas e alguém jogou uma bóia presa a uma corda.
— Depressa! Agarre na bóia!
— Venha rápido! Você vai morrer! — gritavam todos no barco. O homem novamente recusou o resgate e respondeu:
— Podem ir! Me deixem aqui que Deus vai me salvar!

A água já estava cobrindo o telhado quando passou um helicóptero que tentava resgatar as últimas vítimas. O helicóptero ficou parado sobre a casa e uma corda foi lançada para resgatar o homem. Alguém no helicóptero gritou:
— Rápido! Segure a corda para que possamos salvar você!
Mas novamente o homem respondeu:
— Não! vou ficar aqui! Deus vai me salvar!

Por fim, o homem foi levado pelas águas da enchente e morreu afogado. Ao chegar no Céu, ele se encontrou com Deus e disse:
— Oh, meu Deus, eu acreditava tanto no Senhor! Por que não me salvou daquela enchente?
E Deus respondeu:
— Você nem imagina como foi difícil arrumar uma canoa, um barco e até um helicóptero para tentar salvar você. O que estava esperando, que Eu fosse pessoalmente lhe buscar?


Nem sempre a ajuda que pedimos vem da forma como esperamos ou queremos que seja. Tem muita gente que por teimosia ou preconceitos passa a vida inteira pedindo ajuda e não percebe ou não aceita quando ela vem. Abra sua mente e seu coração para receber o que precisa da forma como Deus escolher lhe dar.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: